O que esperar do mercado imobiliário em 2019 - Casas Bacanas

O que esperar do mercado imobiliário em 2019


mercado imobiliário

O ano de 2017, após 2 anos de crise, começou com bastante incertezas para o mercado imobiliário, mas foi o ano em que o setor começou a mostrar melhoras mais significativas nas vendas, com um crescimento de aproximadamente 9,4% e em 2018 o crescimento seguiu e chegou a 10%.

E agora, o que podemos esperar do mercado para o próximo ano?

Batemos um papo com a nossa corretora e também investidora do mercado Bruna Arantes, sobre as prováveis mudanças e o que esperar do setor. Dicas tanto para quem pretende vender, quanto para quem pretende comprar um imóvel em 2019.

Qual a sua percepção sobre o mercado imobiliário esse ano, em 2018?

2018 começou cheio de desafios e expectativas para o mercado imobiliário devido à queda da inflação, diminuição da taxa de juros, crescimento do PIB e os avanços nos índices de confiança dos empresários e dos consumidores.

De janeiro à junho de 2018, na cidade de São Paulo, houve um aumento de 52% no número das unidades comercializadas, em comparação com o mesmo período de 2017. Esse foi também o melhor resultado desde o início da crise em 2013.

Mas é importante destacar que a reação foi puxada pelos imóveis menores, mais compactos, com até 45 m². No terceiro trimestre, o lançamento de novos projetos teve um aumento de 30% . E, após as eleições, já conseguimos perceber um grande movimento no mercado.

Ao que tudo indica, estamos entrando em um período de normalidade econômica. É nesse cenário que o mercado imobiliário mais cresce.

E em 2019, o que acha que vai mudar ou que já podemos perceber de mudanças?

O mercado imobiliário é cíclico e composto por 4 fases. Expansão, excesso, recessão e recuperação. Estamos agora chegando na fase da recuperação. Um exemplo é que as taxas de financiamento que eram 12% no começo do ano, estão agora em 9%.

Qual novidade entrará em vigor em 2019 que pode favorecer a compra de um imóvel?

O teto para compra de imóvel com FGTS subiu para 1,5 milhão e ampliação do Programa Minha Casa Minha Vida.

Será um bom ano para quem quer investir no mercado imobiliário?

As pessoas pecam porque deixam para fazer este tipo de investimento depois que muitos já fizeram, depois que já subiu, depois que já deu certo. Mas quem tem lucro nesse mercado é quem não espera o “burburinho”, é quem analisa dados, sinais, indicadores e sabe identificar a hora certa para investir.

Existe um tipo ideal de imóvel para investir? É possível avaliar se terei lucro?

Sempre existiu uma máxima no mercado imobiliário: localização. Atualmente, acho que, além da localização, temos que olhar tendência e inovação.

Cada vez mais empresas apostam no conceito colaborativo, com todas as equipes trabalhando lado a lado e, de preferência, em um espaço sem paredes.

No setor residencial, cresce a demanda por imóveis compactos, mas com infraestrutura, incluindo piscina, quadras, salão de festas, academia e churrasqueira. A locação por temporada também está super em alta. Os fundos imobiliários também são uma ótima opção de investimento.

Ficou com alguma dúvida ou quer mais dicas sobre o mercado imobiliário em 2019? É só perguntar pra gente nos comentários.

Sem comentários.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *