Decoração Vintage: veja o que era moda no passado e vai voltar com tudo em 2019 - Casas Bacanas

Decoração Vintage: veja o que era moda no passado e vai voltar com tudo em 2019


Conheça as aposta de decoração retrô para este ano que vão te ajudar a repaginar o seu apartamento seguindo as tendências

Quando o assunto é decoração de interiores, quem vive de passado não é museu, é tendência. Afinal, de uns tempos para cá, a presença do vintage na decoração está cada vez mais consolidada e as coisas prometem continuar assim em 2019.

Portanto, se uma das suas promessas de ano novo é renovar os cômodos da sua casa, neste artigo você vai conhecer alguns itens do passado que estão com tudo no presente. Continue lendo!

1. Móveis com pés palito

Os móveis com pés palito surgiram há muitos anos, mais especificamente entre as décadas de 50 e 70, no período pós-guerra. Na época, as peças apoiadas sobre os altos pés em formato de cone, alongados e finos viraram uma verdadeira febre.

A aparência leve e moderna para a época agradava sobretudo aqueles que tinham o estilo de vida americano como referência. Afinal, essas pessoas tentavam a todo custo replicar o tal american dream dentro da própria casa.

Saindo um pouco do passado, aqui no Brasil os pés palitos voltaram  com tudo recentemente, após influenciarem novas criações de grandes designers brasileiros como Joaquim Tenreiro, Sérgio Rodrigues e Zanine Caldas. Isso foi o suficiente para a tendência ficar mais viva do que nunca.

Alguns móveis com pé palito que você pode usar na sua decoração:

  • Puff (redondo e retangular);
  • Rack para sala;
  • Mesa lateral;
  • Aparador;
  • Criado mudo;

2. Tom pastel

Outra tendência vintage que tem feito sucesso pelo menos nos últimos 2 anos, e que promete continuar em 2019, é o uso dos tons pastel na decoração.

Para quem não sabe o que isso significa, os tons pastel são caracterizados por cores bem clarinhas, com baixa saturação e alto brilho. Aqui no Brasil também são conhecidos por “cores bebê”, como o azul bebê, rosa bebê, etc.

Os primeiros registros que se tem a respeito do uso desses tons remetem a era Rococó, predominante na França no período que compreende os anos de 1720 até 1770.

Uma das características desse movimento é a aparência mais leve e intimista na decoração de interiores e arquitetura em geral, incluindo cores como o cor de rosa, azul e lilás unidos ao luxo do dourado.

Passado esse período, os tons pastel deram uma sumida e voltaram na década de 1950, marcando também o período pós-guerra. Na época, as cores leves foram utilizadas predominantemente em todo tipo de cerâmica (pias, vasos sanitários e por aí vai).

Hoje os tons pastel estão de volta e até ganharam um outro nome, candy colors. A proposta é, além de leveza, conferir um toque divertido e lúdico a diferentes ambientes. Conheça algumas sugestões de onde aplicar os tons pastel aí na sua casa:

  • Cama, mesa e banho;
  • Móveis;
  • Eletrodomésticos;
  • Papéis de parede;

3. Matelassê

Outra tendência vintage que também vai continuar em alta em 2019 são os estofados com acabamento matelassê. Para quem não sabe, o matelassê é um tipo de acabamento executado em estofados, feito com pespontos em tecidos dobrado ou acolchoado.

Como resultado, a peça ganha uma textura que lembra vários losangos em alto relevo, com um aspecto bastante aconchegante. Esse estilo ficou bastante conhecido graças ao modelo de bolsa 2.55 da grife Chanel. No entanto, o matelassê também pode ser encontrado em:

  • Sofá;
  • Poltrona;
  • Almofada;
  • Puff;
  • Recamier e chaise longue;
  • Cabeceira;

4. Luminárias neon

Inspiradas nos letreiros das lanchonetes retrô de filmes americanos dos anos 80, as luminárias neon estão em alta e a tendência é que isso aumente ainda mais agora em 2019. Portanto, é melhor ficar por dentro.

O uso desses objetos é indicado especialmente para quem não gosta de monotonia. As cores fortes unidas a diferentes desenhos e contornos dão um ar super alto astral e divertido para qualquer ambiente. Com uma rápida pesquisa no Google é possível encontrar modelos em formato de cacto, flamingo, coração e até frases inteiras.

Para você ter ideia do quanto esse item é retrô, a lâmpada neon foi criada em 1912 pelo químico francês Georges Claude. A tecnologia de mudança de cores era uma novidade gigante para a época e na invenção original só era possível graças ao gás utilizado na composição.

Por sorte hoje já não é bem assim. Afinal, as coisas avançaram muito de lá para cá e atualmente as lâmpadas neon são, em sua maioria, feitas de led. Ou seja, são mais econômicas, seguras e duráveis. A única herança que restou foi o estilo – pois elas continuam tão incríveis quanto antigamente.

Qual dessas tendências de decoração vintage você vai aderir em 2019? Aqui vai uma boa notícia: por estarem em alta, você consegue encontrar todos os itens e tendências listadas aqui com facilidade tanto em lojas de decoração especializadas como, também, pela internet.

Além disso, as sugestões se adaptam a qualquer espaço, independentemente do tamanho. Portanto, seja numa casa espaçosa ou num compacto apartamento studio, o importante é deixar o seu lar com a sua cara.

Sem comentários.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *